COMO DESENVOLVER UMA CARREIRA PROMISSORA NA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA



POR EGLE LEONARDI E JÚLIO MATOS

Como qualquer seara profissional, a indústria farmacêutica exige o desenvolvimento de competências e habilidades para, além de uma melhor atuação, construir uma carreira pensando sempre adiante. Não por acaso, esse tem sido um dos principais desejos dos profissionais: plano de cargos e salários mais altos. Além disso, a indústria tende a sentir menos oscilações na economia, ou seja, sua estabilidade é realmente convidativa. Nos próximos quatro anos a tendência é que o Brasil assuma a quinta posição do ranking mundial da indústria farmacêutica, mercado que tem os Estados Unidos no topo.


“Estamos falando da carreira que está entre as mais promissoras e disputadas do mercado. Não basta querer, é preciso determinação e foco, capacitação e flexibilidade. É necessário discernimento para trabalho em equipe e, principalmente, para liderar uma equipe. À medida que você vai galgando novas posições, mais lhe será exigido e mais você precisará tomar decisões que impactarão os rumos do negócio”, conta o diretor do CDPI Pharma e diretor do Ephar – Instituto Analítico, Poatã Casonato.


Segundo ele, as indústrias estão em um momento de ebulição com o desenvolvimento de uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas a pandemia apenas aumentou a competitividade entre elas, que buscam diariamente se destacar no mercado global. Esse destaque está intimamente relacionado com um trabalho de gestão que motive e lidere os profissionais.


Outra matéria sobre o tema: Conheça a trajetória de três líderes da indústria farmacêutica


De acordo com a farmacêutica industrial, especialista em Desenvolvimento de Produtos, pós-graduada em Gestão e Liderança e gerente de Desenvolvimento de Produtos no Grupo Cimed, Adryana Duarte, não existe fórmula para ingressar na indústria.


O ideal é a identificação de quais competências se têm bem desenvolvidas e onde se pode melhorar, o que ela reconhece como inerente à grande maioria das carreiras profissionais. Para Adryana, é importante a busca por cursos que auxiliem no desenvolvimento de habilidades de auto-observação. É a autoavaliação o primeiro passo para criar um plano de ação.


“A partir do momento em que você tem ciência de quais são os seus pontos a serem desenvolvidos e quais são as suas fortalezas, você consegue criar um plano de ação para direcionar a sua carreira rumo à área de gestão”, explica ela.


Adryana contou ao jornalismo do CDPI Pharma que, em linhas gerais, a maioria dos profissionais da indústria ingressa em atividades muito técnicas, ainda enquanto analistas. A transição para a carreira de gestão envolve um desenvolvimento de competências voltadas, obviamente, para a gestão, as quais deverão ser aprimoradas ao longo da carreira para que se alcance a gerência.


“No meu caso, por exemplo, percebi que precisava desenvolver minha comunicação, porque eu era muito tímida e introspectiva. Naturalmente, no cargo de gestão você tem que falar com público, orientar uma equipe, participar de muitas reuniões e se posicionar. Quando desenvolvi isso, passei a me posicionar de forma clara e assertiva”, revelou Adryana.


Organização e planejamento


Junto com a comunicação, a gerente de Desenvolvimento de Produtos no Grupo Cimed elenca organização, planejamento, capacidade de trabalhar em equipe e para estabelecer relações de confiança como pontos-chaves para crescer na indústria farmacêutica.


Além disso, no caminho para a liderança, o profissional também será cobrado em habilidades que envolvem planejamento orçamentário. De forma geral, espera-se profissionais dispostos a fazer com que as pessoas se empenhem para entregar excelentes resultados.


“Eu enxergo que é indústria é a carreira farmacêutica com mais oportunidades, porque ela permite um plano de carreira. Quando você ingressa como analista júnior, você consegue olhar para a frente e enxergar um cenário de possibilidades. Você consegue projetar o seu desenvolvimento profissional para que alcance outros cargos – analista pleno, sênior, especialista, coordenador até a gerência, gerência-executiva, direção”, destacou Adryana.


Ela complementa, dizendo que, atualmente, o mercado farmacêutico industrial é o que movimenta bilhões no mundo inteiro, e as empresas crescem em uma velocidade constante. “É o mercado que não tem muitas crises, por mais que às vezes a economia esteja passando por um período de dificuldade, mas percebemos que ela se mantém muito ativa por ser uma necessidade de primeira categoria para a população de forma geral”, destaca ela.


Segundo Casonato, nos degraus rumo à liderança na indústria, uma das maiores dificuldades está na transição de atividades técnicas para atividades de gestão. Isso exigirá habilidades políticas e a compreensão de que nem sempre se poderá se expressar como se gostaria. Existem muitas oportunidades na indústria farmacêutica, e o caminho é a busca, a dedicação e a especialização.


Adryana diz que pós-graduação no segmento administrativo é uma boa aliada na transição técnico-gestão. “Eu digo que a indústria é algo que primeiro você tem que ter uma paixão. Ela é uma das áreas em que nos sentimos extremamente úteis e conseguimos desenvolver uma série de habilidades. Cursos de capacitação em liderança e oratória também são igualmente importantes”, ressalta.


“Aqui no CDPI Pharma colaboramos para a formação dos profissionais para que disputem, em pé de igualdade, uma vaga dentro da indústria. O segredo do sucesso é se preparar. A indústria exige dinamismo, proatividade, pragmatismo e objetividade. O ingresso nela é sinônimo de amadurecimento profissional e também pessoal. É preciso preparar um bom currículo e saber se direcionar para a vaga de acordo com o seu perfil”, diz Casonato.


Academia de Líderes


Pensando nisso, o CDPI Pharma está com inscrições abertas para uma oportunidade exclusiva de treinamento com mentores, diretores e uma equipe especializada para acelerar o potencial de ingresso ou mesmo aperfeiçoar a passagem pelo setor industrial farmacêutico.


A Academia de Líderes é um dos programas mais completos de alta performance do Brasil, utilizando um método assertivo, com uma experiente equipe de apoio e com os melhores especialistas para mostrar qual caminho seguir. Com duração de quatro meses. O treinamento é composto por dez encontros on-line e dois encontros presenciais.


Participe da Academia de Líderes do CDPI Pharma. O reconhecimento imprescindível para quem deseja promover transformações relevantes na carreira farmacêutica industrial. Para mais informações entre em contato pelo WhatsApp (62) 98162-4758 ou pelo e-mail cursos@cdpipharma.com.br.

Participe do nosso grupo de WhatsApp para receber notícias relacionadas à indústria farmacêutica. Clique aqui e faça parte do seleto grupo CDPI Notícias.

104 visualizações

​© 2018 CDPI PHARMA

CDPI-logo-aprovada-02.png
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Ícone cinza LinkedIn